..::AsXeraMinhoca::..


24/12/2007


Arquivo morto do meu e-mail... kkkkkkkkkkk :P



O Relatório de Joãozinho: JOÃOZINHO, DEPOIS DE TER RECEBIDO DA SUA MÃE A ESPINHOSA MISSÃO DE VIGIAR SUA IRMÃ SUZANA QUE TEVE PERMISSÃO DA SUA SEVERA MÃE DE PODER NAMORAR SOMENTE NO SOFÁ DA SALA,FAZ SEU INGÊNUO E DETALHADO RELATÓRIO DE TUDO QUE VIU,OUVIU ESENTIU.PARA MAMÃE:MÃE,A SUZANA E O NAMORADO APAGARAM A MAIOR PARTE DAS LUZESE SE SENTARAM NO SOFÁ. ELE CHEGOU PERTO DELA E COMEÇOU AABRAÇÁ-LA. A SUZANA DEVE TER COMEÇADO A FICAR DOENTE, PORQUE O SEU ROSTO COMEÇOU A FICAR VERMELHO. O NAMORADO DELA DEVE TER PERCEBIDO QUE ELA COMEÇAVA A PASSAR MAL, PORQUE ELE COLOCOU A MÃO DENTRO DA BLUSA DELA, ACHO QUE PARA SENTIR SEU CORAÇÃO.SÓ QUE ELE DEMOROU TANTO PARA ENCONTRÁ-LO!!!AÍ, FOI ELE QUEM COMEÇOU A FICAR DOENTE, PORQUE OS DOIS COMEÇARAM A FICAR OFEGANTES, COM POUCA RESPIRAÇÃO.ACHO QUE A MÃO DELE ESTAVA FRIA, PORQUE ELE A COLOCOU POR DENTRO DA SAIA DA SUZANA, QUE DEITOU NO SOFÁ DIZENDO QUE ESTAVA MUITO QUENTE. DEPOIS DE ALGUM TEMPO, CONSEGUI VER O QUE ESTAVA DEIXANDO OS DOIS DOENTES: UMA ENGUIA ENORME TINHA SALTADO DAS CALÇAS DELE, ERA MUITO GRANDE, DEVIA TER UNS 20CM DE COMPRIMENTO. FOI ENTÃO QUE SUZANA AGARROU A ENGUIA COM AS DUAS MÃOS, ACHO QUE PARA EVITAR QUE ELA FUGISSE, E DISSE QUE ERA A MAIOR QUE JÁ TINHA VISTO. DE REPENTE A SUZANA DEVE TER FICADO MALUCA, PORQUE ELA TENTOU COMER A ENGUIA,COLOCOU ELA INTEIRINHA NA BOCA. MAS ACHO QUE DEVE SER DIFÍCIL A DIGESTÃO, PORQUE DEPOIS DE ALGUNS MINUTOS A ENGUIA SAIU DA BOCA DA SUZANA AINDA INTEIRINHA!!! O NAMORADO DA SUZANA ENTÃO, ENFIOU A ENGUIA NUM SACO PLÁSTICO,TENTANDO SUFOCÁ-LA, DAÍ A SUZANA TENTOU AJUDÁ-LO E DEITOU,PRENDENDO A ENGUIA ENTRE AS PERNAS ENQUANTO O NAMORADO DEITAVA EMCIMA DELA ELES FICAVAM TENTANDO ESMAGAR A ENGUIA ENTRE ELES. MÃE,EU CONFESSO QUE FIQUEI ASSUSTADO PORQUE A SUZANA GRITAVA TANTO E SE CONTORCIA TODA. DEPOIS DE MUITO TEMPO, OS DOIS SOLTARAM UM SUSPIRO DE ALÍVIO ACHO QUE ELES CONSEGUIRAM MATAR A ENGUIA, PORQUE EU A VI PENDURADA ABAIXO DA BARRIGA DO NAMORADO DA SUZANA. A SUZANA E O NAMORADO SENTARAM NO SOFÁ E COMEÇARAM A SE BEIJAR E,QUERO QUE UM RAIO CAIA NA MINHA CABEÇA, SE A ENGUIA MORTA NÃO RESSUSCITOU E ELES COMEÇARAM ABATALHA NOVAMENTE. DESTA VEZ, A SUZANA TENTOU ESMAGARA ENGUIA SENTANDO EM CIMA DELA. DEPOIS DE 40 MINUTOS A ENGUIA MORREU, PORQUE O NAMORADO DA SUZANA ESFOLOU A ENGUIA E JOGOU A PELE PELA JANELA. MÃE, EU ESTAVA PENSANDO, ACHO QUE AS ENGUIAS SÃO COMO GATOS, TÊM SETE VIDAS OU MAIS..."ASS: JOÃOZINHO

Escrito por εïзCecíliaεï&# às 06:17 AM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

16/10/2007


Dia de depilação: Versão masculina

A MELHOR DE TODAS QUE JÁ LI...
LEIAM, RELEIAM... E MORRAAAAAAAAAAMMM DE RIR...
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Dia de depilação: Versão masculina

Estava eu assistindo TV numa tarde de domingo, naquele horário em que não se pode inventar nada o que fazer (pois no outro dia é segunda-feira), quando minha esposa deitou ao meu lado e ficou brincando com minhas “partes”. Após alguns minutos ela veio com a seguinte idéia:
- Por que não depilamos seus ovinhos, assim eu poderia fazer “outras coisas” com eles.

Aquela frase foi igual um sino na minha cabeça. Por alguns segundos fiquei imaginando o que seriam “outras coisas”. Respondi que não, que doeria coisa e tal, mas ela veio com argumentos sobre as novas técnicas de depilação e eu não tive mais como negar. Concordei.

Ela me pediu que ficasse pelado enquanto buscaria os equipamentos necessários para tal feito. Fiquei olhando para TV, porém minha mente estava vagando pelas novas sensações e só acordei quando escutei o beep do microondas. Ela voltou ao quarto com um pote de cera, uma espátula e alguns pedaços de plástico. Achei meio estranho aqueles equipamentos, mas ela estava com um ar de “dona da situação” que deixaria qualquer médico urologista sentindo-se como residente.

Fiquei tranqüilo e autorizei o restante do processo. Pediu para que eu ficasse numa posição de quase-frango-assado e liberasse o aceso a zona do agrião. Pegou meus ovinhos como quem pega duas bolinhas de porcelana e começou a passar cera morna. Achei aquela sensação maravilhosa!! O Sr. Pinto já estava todo “pimpão” como quem diz: “sou o próximo da fila”!! Pelo início, fiquei imaginando quais seriam as “outras coisas” que viriam.

Após estarem completamente besuntados de cera, ela embrulhou ambos no plástico com tanto cuidado que eu achei que iria levá-los para viajem. Fiquei imaginando onde ela teria aprendido essa técnica de prazer: Na Thailândia, na China ou pela Internet mesmo. Porém, alguns segundos depois ela esticou o saquinho para um lado e deu um puxão repentino. Todas as novas sensações foram trocadas por um sonoro PUTAQUEOPARIU quase falado letra por letra.

Olhei para o plástico para ver se o couro do meu saco não tinha ficado grudado na cera. Ela disse que ainda restaram alguns pelinhos, e que precisava passar de novo. Respondi prontamente: Se depender de mim eles vão ficar aí para a eternidade!!!

Segurei o Dr. Esquerdo e o Dr. Direito em minhas respectivas mãos, como quem segura os últimos ovos da mais bela ave amazônica em extinção, e fui para o banheiro. Sentia o coração bater nos ovos. Abri o chuveiro e foi a primeira vez que eu molho o saco antes de molhar a cabeça. Passei alguns minutos só deixando a água escorrer pelo meu corpo. Saí do banho, mas nesses momentos de dor qualquer homem vira um bebezinho novo: faz merda atrás de merda. Peguei meu gel pós barba com camomila “que acalma a pele”, enchi as mãos e passei nos ovos.

Foi como se tivesse passado molho de pimenta. Sentei na privada, peguei a toalha de rosto e fiquei abanando os ovos como quem abana um boxeador no 10° round. Olhei para meu pinto. Ele era tão alegrinho minutos atrás, estava tão pequeno que mais parecia que eu tinha saído de uma piscina 5 graus abaixo de zero.

Nesse momento minha esposa bate na porta do banheiro e perguntou o que estava acontecendo. Aquela voz antes aveludada ficou igual um carrasco mandando eu entregar o presidente da revolução. Saí do banheiro e voltei para o quarto. Ela estava argumentado que os pelos tinham saído pelas raízes, que demorariam voltar a nascer. “Pela espessura da pele do meu saco, meus netos irão nascer sem pelos nos ovos”, respondi.

Ela pediu para olhar como estavam. Eu falei para olhar com meio metro de distância e sem tocar em nada!! Vesti a camiseta e fui dormir (somente de camiseta). Naquele momento sexo para mim seria somente para perpetuar a espécie humana.

No outro dia pela manhã fui me arrumar para ir trabalhar. Os ovos estavam mais calmos, porém mais vermelhos que tomates maduros. Foi estranho sentir o vento bater em lugares nunca antes visitados. Tentei colocar a cueca, mas nada feito. Procurei alguma cueca de veludo e nada. Vesti a calça mais folgada que achei no armário e fui trabalhar sem cueca mesmo. Entrei na minha seção andando igual um cowboy cagado. Falei bom dia para todos, mas sem olhar nos olhos. E passei o dia inteiro trabalhando em pé com receio de encostar os tomates maduros em qualquer superfície.

Lição aprendida: Certas coisas devem ser feitas somente pelas mulheres. Não adianta tentar misturar os universos masculino e feminino.

Escrito por εïзCecíliaεï&# às 04:27 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

04/10/2007


Luís Fernando Veríssmo

MOTEL

Mirtes não se agüentou e contou para a Lurdes:
- Viram teu marido entrando num motel.
A Lurdes abriu a boca e arregalou os olhos.
ficou assim, uma estátua de espanto,durante um
minuto, um minuto e meio. Depois pediu detalhes.

- Quando? Onde? Com quem?
- Ontem. No Discretíssimu's.
- Com quem? Com quem?
- Isso eu não sei.
- Mas como? Era alta? Magra? Loira? Puxava de uma perna?
- Não sei, Lu.
- Carlos Alberto me paga. Ah, me paga.
Quando o Carlos Alberto chegou em casa a
Lurdes anunciou que iria deixá-lo e contou por quê.
- Mas que história é essa, Lurdes? Você sabe
quem era a mulher que estava comigo no motel.
- Era você!
- Pois é. Maldita hora em que eu aceitei ir.
- Discretíssimu's! Toda a cidade ficou sabendo.
Ainda bem que não me identificaram.
- Pois então?
- Pois então, que eu tenho que deixar você. Não
vê? É o que todas as minha amigas esperam que eu faça.
Não sou mulher de ser enganada pelo marido e não reagir.
-Mas você não foi enganada. Quem estava comigo era você!
- Mas elas não sabem disso!
- Eu não acredito, Lurdes! Você vai desmanchar
nosso casamento por isso? Por uma convenção?
- Vou!
Mais tarde, quando a Lurdes estava saindo de
casa, com as
malas,o Carlos Alberto a interceptou. Estava
sombrio:
- Acabo de receber um telefonema - disse.
- Era o Dico.
- O que ele queria?
-Fez mil rodeios, mas acabou me contando. Disse
que, como meu amigo, tinha que contar.
- O quê?
- Você foi vista saindo do motel
Discretíssimu's ontem, com um homem.
- O homem era você!
- Eu sei, mas eu não fui identificado.
- Você não disse que era você?
- O que? Para que os meus amigos pensem que eu
vou a motel com a minha própria mulher?
- E então?
- Desculpe, Lurdes, mas...
- O quê???
- Vou ter que te dar uma surra...
(Luiz Fernando Veríssimo)

CONCLUSÃO:
DEVEMOS CUIDAR APENAS DA NOSSA SAÚDE, POIS DA
NOSSA VIDA, TODO MUNDO CUIDA...  

Escrito por **Jéssic@** às 12:09 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

14/09/2007


Fidelidade masculina

A esposa passou a noite fora de Casa.
Na manhã seguinte, explicou ao marido que havia dormido na Casa da melhor amiga.
O marido então telefonou para dez das suas melhores amigas.
Nenhuma delas confirmou a versão.

O marido, então, passou a noite fora de Casa.
Na manhã seguinte, explicou à mulher que havia dormido na Casa do seu melhor amigo.
A esposa, daí, ligou para dez dos melhores amigos do marido.
Sete deles confirmaram a versão...
Os três restantes garantiram que ele ainda estava lá dormindo e preferiram não acordá-lo..

 

Quando eu digo que existe uma máfia no mundo masculino ninguém acredita! ¬¬

Um ótimo final de semana pra vcs! ;***

Escrito por **Jéssic@** às 05:50 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

24/08/2007


Tirando o pó do blog.. cof.. cof..

Acho que por puro hábito eu entro aqui... ngm mais posta, ngm mais comenta. SÓ EU! Putz grila.. eu meio que sabia que isso ia acontecer, mas qndo perguntei pras meninas: Vcs querem reativar o blog? Vcs vão colaborar com posts?? E elas responderam que sim, eu quis acreditar, até pq eu sou uma pessoa mto esperançosa.. mas como deu pra perceber, tudo fogo de palha..

Tanta coisa aconteceu e ngm veio registrar por aki.. a Simone veio ficar uns diazinhos aki em RB, teve saída, festas, fotos.. Aniversários... voltas noturnas... saídas pra pizzarias.. vou postar aqui foto do Chora Viola que fomos durante a estada da Simone..

Como esse blog aqui é paradão e como eu adoro escrever, mas de nada adianta escrever por aqui, eu acabei criando um pra mim, tá, eu não me engano que ele vai bombar de visitas e comentários, mas a esperança é a última que morre! Vou deixar o endereço provisório aqui, pra quem quiser conhecer.. digo provisório porque o coitado já mudou de endereço bem umas 4 vezes esse mês.. e nem me deixem começar a falar dos nomes..

http://jessinharamos.blogspot.com

Se não for pedir muito, quem vier aqui, dá uma passadinha lá tbm.. dá uma olhada nos links tbm, que são super legais.. comenta.. deixa beijo..um abraço, ou até vai lá me xingar, eu não ligo!! ;)

Ahh, tbm vou mudar o template daqui, cansei dessa burrinha aí em cima. Acho que é só. Bjããooo

=*****

 

Escrito por **Jéssic@** às 05:44 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

17/07/2007


Como não ser um homem traído nos dias de hoje.

Como não ser um homem traído nos dias de hoje.
Por Arnaldo Jabor

Você homem da atualidade, vem se surpreendendo diuturnamente com o "nível" intelectual, cultural e, principalmente, "liberal" de sua mulher, namorada e etc.
Às vezes sequer sabe como agir, e lá no fundinho tem aquele medo de ser traído - ou nos termos usuais: "corneado". Saiba de uma coisa... esse risco é iminente, a probabilidade disso acontecer é muito grande, e só
cabe a você, e a ninguém mais evitar que isso aconteça ou, então, assumir seu "chifre" em alto e bom som.
Você deve estar perguntando porque eu gastaria meu precioso tempo falando sobre isso. Entretanto, a aflição masculina diante da traição vem me chamando a atenção já há tempos.
Mas o que seria uma "mulher moderna"? A princípio seria aquela que se ama acima de tudo, que não perde (e nem tem) tempo com/para futilidades, é aquela que trabalha porque acha que o trabalho engrandece, que é
independente sentimentalmente dos outros, que é corajosa, companheira, confidente, amante... é aquela que às vezes tem uma crise súbita de ciúmes mas que não tem vergonha nenhuma em admitir que está errada e correr pros seus braços... é aquela que consegue ao mesmo tempo ser forte e meiga, desarrumada e linda...enfim, a mulher moderna é aquela que não tem medo de nada nem de ninguém, olha a vida de frente, fala o que pensa e o que sente, doa a quem doer...

Assim, após um processo "investigatório" junto a essas "mulheres modernas" pude constatar o pior. VOCÊ SERÁ (OU É???) "corno", a menos que:
- Nunca deixe uma "mulher moderna" insegura. Antigamente elas choravam. Hoje, elas simplesmente traem, sem dó nem piedade.
- Não ache que ela tem poderes "adivinhatórios". Ela tem de saber - da sua boca - o quanto você gosta dela. Qualquer dúvida neste sentido poderá levar às conseqüências expostas acima.
- Não ache que é normal sair com os amigos (seja pra beber, pra jogar futebol...) mais do que duas vezes por semana, três vezes então é assinar atestado de "chifrudo". As "mulheres modernas" dificilmente andam
implicandocom isso, entretanto elas são categoricamente "cheias de amor pra dar" e precisam da "presença masculina". Se não for a sua meu amigo...bem...
- Quando disser que vai ligar, ligue, senão o risco dela ligar pra aquele ex bom de cama é grandessíssimo.
- Satisfaça-a sexualmente. Mas não finja satisfazê-la. As "mulheres modernas" têm um pique absurdo com relação ao sexo e, principalmente dos 20 aos 38 anos, elas pensam em - e querem - fazer sexo TODOS OS DIAS
(pasmem, mas é a pura verdade)...bom, nem precisa dizer que se não for com você...
- Lhe dê atenção. Mas principalmente faça com que ela perceba isso. Garanhões mau (ou bem) intencionados sempre existem, e estes quando querem são peritos em levar uma mulher às nuvens. Então, leve-a você, afinal, ela é sua ou não é????
Nem pense em provocar "ciuminhos" vãos. Como pude constatar, mulher insegura é uma máquina colocadora de chifres.
- Em hipótese alguma deixe-a desconfiar do fato de você estar saindo com outra. Essa mera suposição da parte delas dá ensejo ao um "chifre" tão estrondoso que quando você acordar, meu amigo, já existirá alguém MUITO MAIS "comedor" do que você...só que o prato principal, bem...dessa vez é a SUA mulher. Sabe aquele bonitão que, você sabe, sairia com a sua mulher a qualquer hora. Bem... de repente a recíproca também pode ser verdadeira.
Basta ela, só por um segundo, achar que você merece...Quando você reparar... já foi.
- Tente estar menos "cansado". A "mulher moderna" também trabalhou o dia inteiro e, provavelmente, ainda tem fôlego para - como diziam os homens de antigamente - "dar uma", para depois, virar pro lado e simplesmente dormir.
- Volte a fazer coisas do começo da relação. Se quando começaram a sair viviam se cruzando em "baladas", "se pegando" em lugares inusitados, trocavam e-mails ou telefonemas picantes, a chance dela gostar disso é
muito grande, e a de sentir falta disso então é imensa. A "mulher moderna" não pode sentir falta dessas coisas...senão...


Bem amigos, aplica-se, finalmente, o tão famoso jargão "quem não dá assistência, abre concorrência". Deste modo, se você está ao lado de uma mulher de quem realmente gosta e tem plena consciência de que,
atualmente o mercado não está pra peixe (falemos de qualidade), pense bem antes de dar alguma dessas "mancadas"... proteja-a, ame-a, e, principalmente, faça-a saber disso. Ela vai pensar milhões de vezes antes de dar bola pra aquele "bonitão" que vive enchendo-a de olhares... e vai continuar, sem dúvidas, olhando só pra você!!!

Escrito por **Jéssic@** às 05:09 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

25/06/2007


Vai entender... Oo

- Caras legais são feios
- Caras bonitos não são legais
- Caras bonitos e legais são gays
- Caras bonitos, legais e heteros, são casados
- Caras não tão bonitos mas legais não tem dinheiro
- Caras não tão bonitos mas legais e com dinheiro,
acham que só estamos atrás do dinheiro.
- Caras bonitos e sem dinheiro estão de olho no nosso
dinheiro.
- Caras bonitos, não tão legais e razoavelmente heteros
nao acham que somos bonitas o bastante
- Caras que nos acham bonitas, que sao razoavelmente
legais e que tem dinheiro são uns galinhas.
- Caras que sao razoavelmente bonitos, razoavelmente
legais e que tem algum dinheiro são tímidos e não tomam
iniciativa
- Caras que nunca tomam a iniciativa perdem
automaticamente o interesse quando nós tomamos.
- Caras que sempre tomam a iniciativa, nos matam de
medo
- Caras que tomam a iniciativa e recebem um sim nos
chamam de galinhas
- Caras que tomam a iniciativa, recebem um não desistem
e vão tomar a iniciativa em outro lugar e falam ainda
que fazemos doce
- Caras que tomam a iniciativa, recebem um talvez,
entendem como sim e nos chamam de galinhas do mesmo
jeito.
- Caras que recebem um sim e não nos chamam de galinha,
tem uma mãe de amargar
- Caras que escondem que são casados tem muito pouco
tempo disponível.
- Caras que escondem que são gays usam nossas roupas
- Caras que não costumam esconder nada, são
razoavelmente legais, razoavelmente heteros e tem algum
dinheiro perdem o mistério, sei lá....

A magia desaparece.

Escrito por **Jéssic@** às 05:20 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

22/06/2007


Tortura moderna

"Tenta sim. Vai ficar lindo."

Foi assim que decidi, por livre e espontânea pressão de amigas, me render à depilação na virilha. Falaram que eu ia me sentir dez quilos mais leve. Mas acho que pentelho não pesa tanto assim. Disseram que meu namorado ia amar, que eu nunca mais ia querer outra coisa. Eu imaginava que ia doer, porque elas ao menos me avisaram que isso aconteceria. Mas não esperava que por trás disso, e bota por trás nisso, havia toda uma indústria pornô-ginecológica-estética.
- Oi, queria marcar depilação com a Penélope.

- Vai depilar o quê?
- Virilha.
- Normal ou cavada?
Parei aí. Eu lá sabia o que seria uma virilha cavada. Mas já que era pra fazer, quis fazer direito.
- Cavada mesmo.
- Amanhã, às... deixa eu ver...13h?
- Ok. Marcado.

Chegou o dia em que perderia dez quilos. Almocei coisas leves, porque sabia lá o que me esperava, coloquei roupas bonitas, assim, pra ficar chique. Escolhi uma calcinha apresentável. E lá fui. Assim que cheguei, Penélope estava esperando. Moça alta, mulata, bonitona. Oba, vou ficar que nem ela, legal. Pediu que eu a seguisse até o local onde o ritual seria realizado. Saímos da sala de espera e logo entrei num longo corredor. De um lado a parede e do outro, várias cortinas brancas. Por trás delas ouvia gemidos, gritos, conversas. Uma mistura de Calígula com O Albergue. Já senti um frio na barriga ali mesmo, s em desabotoar nem um botão. Eis que chegamos ao nosso cantinho: uma maca, cercada de cortinas.
- Querida, pode deitar.

Tirei a calça e, timidamente, fiquei lá estirada de calcinha na maca. Mas a Penélope mal olhou pra mim. Virou de costas e ficou de frente pra uma mesinha. Ali estavam os aparelhos de
tortura. Vi coisas estranhas. Uma panela, uma máquina de cortar cabelo, uma pinça. Meu Deus, era O Albergue mesmo. De repente ela vem com um barbante na mão. Fingi que era natural e sabia o que ela faria com aquilo, mas fiquei surpresa quando ela passou a cordinha pelas laterais da calcinha e a amarrou bem forte.

- Quer bem cavada?
- ...é... é, isso.
Penélope então deixou a calcinha tampando apenas uma fina faixa da Abigail, nome carinhoso de meu órgão, esqueci de apresentar antes.
- Os pêlos estão altos demais. Vou cortar um pouco senão vai doer mais ainda.
- Ah, sim, claro.
Claro nada, não entendia porra nenhuma do que ela fazia. Mas confiei. De repente, ela volta da mesinha de tortura com uma espátula melada de um líquido viscoso e quente (via pela fumaça).
- Pode abrir as pernas.
- Assim?
- Não, querida. Que nem borboleta, sabe? Dobra os joelhos e depois joga cada perna pra um
lado.
- Arreganhada, né?
Ela riu. Que situação. E então, Pê passou a primeira camada de cera quente em minha virilha virgem. Gostoso, quentinho, agradável. Até a hora de puxar.

Foi rápido e fatal. Achei que toda a pele de meu corpo tivesse saído, que apenas minha ossada havia sobrado na maca. Não tive coragem de olhar. Achei que havia sangue jorrando até o teto. Até procurei minha bolsa com os olhos, já cogitando a possibilidade de ligar para o Samu. Tudo isso buscando me concentrar em minha expressão, para fingir que era tudo supernatural. Penélope perguntou se estava tudo bem quando me notou roxa. Eu havia esquecido de respirar. Tinha medo de que doesse mais.
- Tudo ótimo. E você?
Ela riu de novo como quem pensa "que garota estranha". Mas deve ter aprendido a ser simpática para manter clientes.

O processo medieval continuou. A cada puxada eu tinha vontade de espancar Penélope. Lembrava
de minhas amigas recomendando a depilação e imaginava que era tudo uma grande sacanagem, só pra me fazer sofrer. Todas recomendam a todos porque se cansam de sofrer sozinhas.
- Quer que tire dos lábios?
- Não, eu quero só virilha, bigode não.
- Não, querida, os lábios dela aqui ó.>
Não, não, pára tudo. Depilar os tais grandes lábios ? Putz, que idéia. Mas topei. Quem está na maca tem que se fuder mesmo.
- Ah, arranca aí. Faz isso valer a pena, por favor.
Não bastasse minha condição, a depiladora do lado invade o cafofinho de Penélope e dá uma conferida na Abigail.
- Olha, tá ficando linda essa depilação.
- Menina, mas tá cheio de encravado aqui. Olha de perto.

Se tivesse sobrado algum pentelhinho, ele teria balançado com a respiração das duas. Estavam bem perto dali. Cerrei os olhos e pedi que fosse um pesadelo. "Me leva daqui, Deus, me teletransporta". Só voltei à terra quando entre uns blábláblás ouvi a palavra pinça.
- Vou dar uma pinçada aqui porque ficaram um pelinhos, tá?
- Pode pinçar, tá tudo dormente mesmo, tô sentindo nada.
Estava enganada. Senti cada picadinha daquela pinça filha da mãe arrancar cabelinhos resistentes da pele já dolorida. E quis matá-la. Mas mal sabia que o motivo para isso ainda estava por vir.

- Vamos ficar de lado agora?
- Hein?
- Deitar de lado pra fazer a parte cavada.
Pior não podia ficar. Obedeci à Penélope. Deitei de ladinho e fiquei esperando novas ordens.
- Segura sua bunda aqui?
- Hein?
- Essa banda aqui de cima, puxa ela pra afastar da outra banda.
Tive vontade de chorar. Eu não podia ver o que Pê via. Mas ela estava de cara para ele, o olho que nada vê. Quantos haviam visto, à luz do dia, aquela cena? Nem minha ginecologista. Quis chorar, gritar, peidar na cara dela, como se pudesse envenená-la. Fiquei pensando nela acordando à noite com um pesadelo. O marido perguntaria:
- Tudo bem, Pê?
- Sim... sonhei de novo com o cu de uma cliente.

Mas de repente fui novamente trazida para a realidade. Senti o aconchego falso da cera quente besuntando meu tuin peaks. Não sabia se ficava com mais medo da puxada ou com vergonha da situação. Sei que ela deve ver mil cus por dia. Aliás, isso até alivia minha situação. Por que ela lembraria justamente do meu entre tantos? E aí me veio o pensamento: peraí, mas tem cabelo lá?
Fui impedida de desfiar o questionamento. Pê puxou a cera. Achei que a bunda tivesse ido toda embora. Num puxão só, Pê arrancou qualquer coisa que tivesse ali. Com certeza não havia nem uma preguinha pra contar a história mais. Mordia o travesseiro e grunhia ao mesmo tempo. Sons guturais, xingamentos, preces, tudo junto.

- Vira agora do outro lado.
Porra.. por que não arrancou tudo de uma vez? Virei e segurei novamente a bandinha. E então, piora. A broaca da salinha do lado novamente abre a cortina.
- Penélope, empresta um chumaço de algodão?
Apenas uma lágrima solitária escorreu de meus olhos. Era dor demais, vergonha demais. Aquilo não fazia sentido. Estava me depilando pra quem?
Ninguém ia ver o tobinha tão de perto daquele jeito. Só mesmo Penélope. E agora a vizinha inconveniente.

- Terminamos. Pode virar que vou passar maquininha.
- Máquina de quê?!
- Pra deixar ela com o pêlo baixinho, que nem campo de futebol.
- Dói?
- Dói nada.
- Tá, passa essa merda...
- Baixa a calcinha, por favor.
Foram dois segundos de choque extremo. Baixe a calcinha, como alguém fala isso sem antes pegar no peitinho? Mas o choque foi substituído por uma total redenção. Ela viu tudo, da perereca ao cu. O que seria
baixar a calcinha? E essa parte não doeu mesmo, foi até bem agradável.
- Prontinha. Posso passar um talco?
- Pode, vai lá, deixa a bicha grisalha.
- Tá linda! Pode namorar muito agora.

Namorar...namorar... eu estava com sede de vingança. Admito que o resultado é bonito, lisinho, sedoso. Mas doía e incomodava demais. Queria matar minhas amigas. Queria virar feminista, morrer peluda, protestar contra isso. Queria fazer passeatas, criar uma lei antidepilação cavada. Queria comprar o domínio http://www.preserveasbucetaspeludas.com.br

Escrito por εïзCecíliaεï&# às 04:38 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

04/06/2007


MANUAL DA MULHER TIRANA

Art. 1. Se esse não quer, tem quem queira.

Art. 2. Se não te querem, é porque não te merecem.

Art. 3. Finja sempre ser pura, boazinha e inocente.

Art. 4. Negue tudo até a morte.

Art. 5. Nunca confie nos homens, mesmo que ele seja o seu irmão.

Art. 6. Tenha sempre um kit de primeiros socorros na bolsa,contendo:
bala Hall's, camisinha, tesoura para cortar as coleiras, uma falsa testemunha
e um amigo babaca pra te salvar dos "malas".

Art. 7. Catalogue sempre as suas vítimas.

Art. 8. Amigo de mulher é cabeleireiro.

Art. 9. E se mesmo assim você ainda quiser manter um amigo homem, nunca
conte para ele suas estratégias de guerra, e muito menos suas vitórias.

Art. 10. Faça tudo na encolha sempre.

Art. 11. Tenha sempre uma parceira na guerra, aquela em que você possa
confiar sempre, sua cúmplice.

Art. 12. Figurinha repetida não completa álbum, porém tem aquelas figurinhas
premiadas, adesivas, brilhosas e perfumadas.

Art. 13. Não cobice o homem de outra tirana, ficante atual de outra
tirana é veado.

Art. 14. Só cobice o ex-ficante de outra tirana com a autorização da
mesma,se a resposta for sim, vá a luta, se for não,é melhor nem olhar.

Art. 15. Tirana que protege tirana nunca é pega pela carrocinha, podemos
ser tiranas, mas não somos cachorras.

Art. 16. Tirana que se preza nunca volta pra casa no 0 x 0.

Art. 17. Sedução, muita sedução sempre.

Art. 18. Nunca conte sobre relacionamentos passados para o atual.

Art. 19. Utilize sempre recursos físicos para fazer suas conquistas.

Art. 20. Ao beijar, sempre provoque sua presa e vete tudo na hora H.

Art. 21. Detone todos os homens, nenhum deles merece sua consideração.

Art. 22. Beije várias bocas para adquirir milhagem (quilometragem).

Art. 23. Registre tudo: nome, idade, cabelo, carro...

Art. 24. Mantenha sempre com você o famoso caderninho de telefone.

Art. 25. Cozinhe todos os homens que dão bola em banho Maria: demora,
mas afinal você nunca sabe quando vai precisar deles.

Art. 26. Nunca deixe cair a qualidade.

Art. 27. Quantidade também é bom, muito bom por acaso.

Art. 28. Sempre anote o telefone, mesmo que você não vá ligar.

Art. 29. Passe na frente dele de qualquer maneira para exclamar: "Nossa,
que coincidência você por aqui".

Art. 30. Tenha sempre um titular e um enorme banco de reservas.

Art. 31. Nunca deixe de estar em todos os lugares; se não for possível,
tenha sempre um "amiguinho espião" para lhe passar as informações.

Art. 32. Tirana que se preza, sempre tem um confirmado na night.

Art. 33. Tirana que é tirana adora dar uma de babá de vez em quando.

Art. 34. Não seja fiel nunca.

Art. 35. "Nunca fiz isso antes" (Frase do dia para passar aquela imagem
de "inexperiente")

Art. 36. Ficar atenta às oportunidades que surgem, qualquer lugar é
lugar.

Art. 37. Se possível manter um nível alcóolico.

Art. 38. Estar acompanhada não quer dizer nada.

Art. 39. Ele estar acompanhado também não significa nada.

Art. 40. Não levar marmita pra banquete.

Art. 41. Se te sacanear, parta para a vingança (e não deixe sobreviventes).

Art. 42. Primas, irmãs e amigas das irmãs são suas inimigas, cuidado!!.

Art. 43. Kit maquiagem: pó compacto, sombras, batom, lápis de olho,
veneno e pinça são elementos básicos da bolsa.

Art. 44. Tenha sempre uma amiga com o nível de beleza mais baixo que
o seu.

Art. 45. Se ouviu comentários de um homem para uma mulher, nunca perca
a oportunidade de falar o pior defeito dela, de uma maneira doce e discreta
(não poupe palavras).

Art. 46. Ser cínica é alma do negócio

Art. 47. Compare sempre um homem ao carro do ano:

I. Verifique o interior (não se iluda com o design);

II. Verifique o ano (quanto mais novo mais chance de ter problemas)

III. É estável? Ou balança quando se depara com qualquer curva?;

IV. Possui os dois faróis rebaixados (XIIIIII....)?;

V. Possui longa alavanca de câmbio?;

VI. Mais importante ainda: o câmbio tem boa durabilidade ou deforma-se
com facilidade?;

VII. É movido a álcool?? (neeeeemmmm pensar, minha amiga);

VIII. O motor mantém temperatura constante? Ou esquenta rapidinho, percorre
pequena distância e morre logo em seguida?;

IX. Leve para um "Test-Drive".).

Art. 48. Nunca, mas nunca em sua vida deixe o homem saber que você tem
uma carteira.

Art. 49. Aprenda como jogar bebida discretamente na roupas dos outros
isso ajuda na hora que alguma mulher pular em cima de sua presa.

Art. 50. Faça muitas caras e bocas

Art. 51. Finja sempre que você não sabe, aquilo que você sabe demais.

Escrito por **Jéssic@** às 03:24 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

26/05/2007


Veríssimo...

Tudo Mudou ...

O rouge virou blush.
O pó-de-arroz virou pó-compacto.
O brilho virou gloss.
O rímel virou máscara incolor.

A Lycra virou stretch.
Anabela virou plataforma.
O corpete virou porta-seios, que virou sutiã
que virou lib, que virou silicone.

A peruca virou aplique, interlace, megahair, alongamento.
A escova virou chapinha.
?Problemas de moça" viraram TPM.
Confete virou MM.

A crise de nervos virou estresse.
A chita virou viscose.
A purpurina virou gliter.
A brilhantina virou mousse.
Os halteres viraram bomba.
A ergométrica virou spinning.

A tanga virou fio dental.
E o fio dental virou anti-séptico bucal.
Ninguém mais vê...
Ping-Pong virou Babaloo.

O à-la-carte virou self-service.
A tristeza, depressão.
O espaguete virou Miojo pronto.
A paquera virou pegação.

A gafieira virou dança de salão.
O que era praça virou shopping...
A areia virou ringue.
A caneta virou teclado.

O long play virou CD.
A fita de vídeo é DVD.
O CD já é MP3.
É um filho onde éramos seis.

O álbum de fotos agora é mostrado por e-mail.
O namoro agora é virtual.
A cantada virou torpedo.
E do "não?, não se tem medo.

O break virou street.
O samba, pagode.
O carnaval de rua virou Sapucaí.
O folclore brasileiro, halloween.

O piano agora é teclado, também.
O forró de sanfona ficou eletrônico.
Fortificante não é mais Biotônico.
Bicicleta virou Biz.

Polícia e ladrão virou counter strike.
Folhetins são novelas de TV.
Fauna e flora a desaparecer.
Lobato virou Paulo Coelho.
Caetano virou um chato.
Chico sumiu da FM e TV.
Baby se converteu.
RPM desapareceu.
Elis ressuscitou em Maria Rita?
Gal virou fênix.
Raul e Renato, Cássia e Cazuza, Lennon e Elvis, todos anjos... Agora

tocam lira...

A AIDS virou gripe.
A bala, antes encontrada, agora é perdida.
A violência está coisa maldita!
A maconha é calmante.
O professor é agora, o facilitador.
As lições já não importam mais.

A guerra superou a paz.
E a sociedade ficou incapaz...
De tudo.
Inclusive, de notar essas diferenças.

Escrito por ღSimoneღ às 06:39 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

25/05/2007


A PESSOA ERRADA

Pensando bem em tudo o que a gente vê e vivência, ouve e pensa, não existe uma pessoa certa pra gente.
Existe uma pessoa que, se você for parar pra pensar é, na verdade, a pessoa errada.
Porque a pessoa certa faz tudo certinho, chega na hora certa, fala as coisas certas, faz as coisas certas.
Mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas.
Aí é a hora de procurar a pessoa errada.
A pessoa errada lhe faz perder a cabeça.
Fazer loucuras.
Perder a hora.
Morrer de amor.
A pessoa errada vai ficar um dia sem lhe procurar.
Que é pra na hora que vocês se encontrarem, a entrega ser muito mais verdadeira.
A pessoa errada é, na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa.
Essa pessoa vai lhe fazer chorar.
Mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas.
Essa pessoa vai tirar seu sono.
Mas vai lhe dar em troca uma noite de amor inesquecível.
Essa pessoa talvez lhe magoe e depois lhe encha de mimos pedindo seu perdão.
Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado.
Mas vai estar 100% da vida dela esperando você.
Vai estar o tempo todo pensando em você.
A pessoa errada tem que aparecer pra todo mundo.
Porque a vida não é certa.
Nada aqui é certo.
O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo,
AMANDO, SORRINDO, CHORANDO, ERRANDO, ACERTANDO, EMOCIONANDO-SE,
PENSANDO, AGINDO,QUERENDO ...E CONSEGUINDO.
Só assim é possível chegar àquele momento do dia em que a gente diz: "Graças à Deus deu tudo certo"
Quando na verdade tudo o que ELE quer é que a gente encontre a pessoa errada pra que as coisas comecem a realmente funcionar direito pra gente....
Nossa missão: Compreender o universo de cada ser humano, respeitar as diferenças, brindar as descobertas, buscar a evolução.

Sorte a nossa então, que vivemos nos envolvendo com as pessoas erradas!! Huahuahuahuahuahua

Escrito por **Jéssic@** às 04:16 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Só pra variar um pouco.. EU postando aki.. (kd o resto das xeraminhocas?!! )

Texto de Arnaldo Jabor. Adorei =]


"Tenho horror a mulher perfeitinha. Sabe aquele tipo que faz escova toda manhã, tá sempre na moda e é tão sorridente que parece garota-propaganda de processo de clareamento dentário?
E, só pra piorar, tem a bunda dura?
Pois então, mulheres assim são um porre. Pior: são brochantes. Sou louco?
Então tá, mas posso provar a minha tese. Quer ver?

a.. Escova toda manhã. A fulana acorda as seis da matina pra deixar o cabelo parecido com o da Patrícia de Sabrit. Perde momentos imprescindíveis de rolamento na cama, encoxamento do namorado, pegação, pra encaixar-se no padrão "Alisabel é que é legal". Burra.

b.. Na moda: estilo pessoal, pra ela, é o que aparece nos anúncios da Elle do mês. Você vê-la de shortinho, camiseta surrada e cabelo preso? JAMAIS!
O que indica uma coisa: ela não vai querer ficar "desarrumada" nem enquanto tiver transando. É capaz até de fazer pose em busca do melhor ângulo perante o espelho do quarto. Credo.

c.. Sorriso incessante: ela mora na vila do Smurfs? Tá fazendo treinamento pra Hebe? Sou antipática com orgulho-só sorrio para quem provoca meu sorriso. Não gostou? Problema seu. Isso se chama autenticidade, meu caro.
Coisa que, pra perfeitinha, não existe. Aliás, ela nem sabe o que a palavra significa, coitada.

d.. Bunda dura. As muito gostosas são muito chatas. Pra manter aquele corpão, comem alface e tomam isotônico (isso quando não enfiam o dedo na garganta pra se livrar das 2 calorias que ingeriram), portanto não vão acompanhá-lo nos pasteizinhos nem na porção de bolinho de arroz do sabadão.
Bebida dá barriga e ela tem HORROR a qualquer carninha saindo da calça de cintura tão baixa que o cós acaba onde começa a pornografia: nada de tomar um bom vinho com você.
Cerveja? Esquece! Melhor convidar o Jorjão. Pois é, ela é um tesão. Mas não curte sexo porque desglamouriza, se veste feito um manequim de vitrine do Iguatemi, acha inadmissível você apalpar a bunda dela em público, nunca toma porre e só sabe contar até quinze, que é até onde chega a seqüência de bíceps e tríceps. Que beleza de mulher. E você reparou naquela bunda? Meu Deus...

Legal mesmo é mulher de verdade. E daí se ela tem celulite? O senso de humor compensa. Pode ter uns quilinhos a mais, mas é uma ótima companheira de bebedeira. Pode até ser meio mal educada quando você larga a cueca no meio da sala, mas adora sexo. Porque celulite, gordurinhas e desorganização têm solução (e, às vezes, nem chegam a ser um problema). Mas ainda não criaram um remédio pra futilidade. Nem pra dela, nem pra sua."

Escrito por **Jéssic@** às 04:11 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

03/05/2007


I want to kill myself.. ¬¬

Já chega!! Oq esses técnicos de informáticas têm contra nós, pobres trabalhadores, para caçar nossos únicos meios de descontração, como os inofensivos atalhos de orkut e msn???
Depois do episódio do blokeio do orkut em que vim aki chorar pra vcs, eu havia encontrado, por puro milagre um atalho de msn livre, e claro, me regozijei em tal feito!!
Mas agora, os malditos tbm o tiraram de mim!!
Por que, Senhor, e deste algo para logo ser tirado de mim??? :P
E agora, oq eu faço? Meus neurônios não são mais capazes de achar outra alternativa..outra solução para este tão intricado problema!!

Quero, nesse minuto, deitar no chão do meu humilde "escritório" e choramingar em posição fetal pelo resto da tarde.. =/
Tristeza que não tem fim...


Pelo jeito, o único caminho que me resta é ir trabalhar.. ADEUS...

Escrito por **Jéssic@** às 03:58 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

24/04/2007


Maldade!!!! =P

Só por causa que o coitado do Júnior foi largado pela Sandy, a galera tá fazendo a maior campanha por ele!! Inpirada pelo site www.jacarebanguela.com.br a gente se junta e grita por todo Brasil: FORÇA, JUNIOR!

Usem essa imagem no msn, postem nos seus flog, blogs, comprem a camiseta, enfim, tudo por esse guri que fez parte da nossa adolescencia.. ihihihihihi.. bixinho...

 

Escrito por **Jéssic@** às 03:57 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Diferenças entre Homens e Mulheres

As reais diferenças entre homens e mulheres !!

APELIDOS

Se Adriana, Silvana, Débora e Luciana vão almoçar juntas, elas chamarão umas às outras de Dri, Sil, Dé e Lu.
Se Leandro, Carlos, Roberto e João saem juntos, eles afetuosamente se referirão uns aos outros como Gordo, Cabeção, Rato e Negão.

COMENDO FORA

Quando a conta chega, Paulo, Carlos, Roberto e João jogam na mesa R$20,00 cada um, mesmo sendo a conta apenas R$32,50. Nenhum deles terá trocado e nenhum vai ao menos admitir que quer troco - logo o troco será convertido em saideiras.
Quando as garotas recebem sua conta, aparecem as calculadoras de bolso e todas procuram pelas moedinhas exatas dentro da bolsa.

FILMES

A idéia que uma mulher faz de um bom filme é aquele em que uma só pessoa morre bem devagarinho, de preferência por amor.
Um homem considera um bom filme aquele em que muita gente morre bemdepressa, se possível com balas de metralhadora ou em grandes explosões.

DINHEIRO

Um homem pagará R$2,00 por um item que vale R$1,00, mas que ele precisa.
Uma mulher pagará R$1,00 por um item que vale R$2,00, mas que ela não precisa.

Escrito por **Jéssic@** às 03:49 PM
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Histórico